Blog do HP

E-mail

peixototv3@gmail.com

WhatsApp

63 9985154180

Prefeitura de Palmas Covid março
Urgência

Deputados pedem urgência para assuntos relacionados à Saúde, Educação e ICMS

Defendendo a importância do exame Teste do Pezinho, o presidente da Casa, Antonio Andrade (PTB), requereu à Secretaria de Estado da Saúde informações sobre a suspensão dos testes

10/02/2021 09h33
Por: Helder Peixoto
Fonte: Dicom/AL/TO
Plenário (Foto: Ísis Oliveira)
Plenário (Foto: Ísis Oliveira)

Os deputados direcionaram suas atenções para diversos setores, na sessão
ordinária realizada na tarde desta terça-feira, 9, em regime de
urgência. Saúde, infraestrutura e vacinação foram abordados por meio de
requerimentos em regime de urgência.

Defendendo a importância do exame Teste do Pezinho, o presidente da
Casa, Antonio Andrade (PTB), requereu à Secretaria de Estado da Saúde
informações sobre a suspensão dos testes, no laboratório da Apae, do
município de Araguaia. Com o exame é possível diagnosticar até 50 tipos
de doença em recém-nascidos.

A inclusão dos profissionais da Educação da lista de prioridades, no
processo de vacinação contra a covid 19, voltou ao plenário.

A deputada Vanda Monteiro (PSL) requereu ao Poder Executivo, por meio da
Secretaria de Estado da Saúde, a inclusão dos professores, alunos e
servidores que atuam no ambiente escolar na lista de prioridades da
vacinação, em todos os municípios do Estado.

Cláudia Lelis (PV) também defende a ideia. Requereu o envio de
expediente diretamente aos 139 prefeitos do Tocantins, solicitando que
os profissionais da rede estadual de ensino sejam priorizados na
campanha de imunização ao coronavirus.

“É de fundamental relevância assegurar a proteção dos professores e
profissionais da Educação e impedir que a retomada das aulas presenciais
estimule o surgimento de mais casos”, defende Cláudia.

Redução do ICMS

Na mesma sessão, Júnior Geo (PROS) solicitou a diminuição da alíquota do
Imposto Sobre Operações Relativas à Circulação de Mercadorias (ICMS),
que incide sobre a gasolina automotiva, álcool etílico e óleo diesel. “O
Estado continua crescendo e necessita de preço atrativo nos
combustíveis, fontes de energia primordiais para o desenvolvimento da
economia”, defendeu.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias