Blog do HP
Política Tocantins

Deputado Professor Júnior Geo busca soluções para os problemas do transporte escolar no Tocantins

De acordo com Geo, levantamento realizado pelo Detran e encaminhado ao Centro de Apoio Operacional à Promotoria da Infância, Juventude e Educação, mostra que, entre os 1.326 veículos que compõem a frota do transporte escolar, 983 estão em situação inadequada para o transporte de passageiros

24/06/2022 10h32
Por: Helder Peixoto Fonte: Marimar Aiala
Deputado Professor Júnior Géo (Foto: Talita Gregório)
Deputado Professor Júnior Géo (Foto: Talita Gregório)

Requerimento apresentado em regime de urgência pelo deputado estadual Professor Júnior Geo (PSC) cobra da Secretaria de Estado da Educação (Seduc) medidas para normalizar a situação do transporte escolar no Tocantins.

Maioria inapta

De acordo com Geo, levantamento realizado pelo Detran e encaminhado ao Centro de Apoio Operacional à Promotoria da Infância, Juventude e Educação, mostra que, entre os 1.326 veículos que compõem a frota do transporte escolar, 983 estão em situação inadequada para o transporte de passageiros.

Medidas urgentes

Solicitamos que o governo estadual nos encaminhe quais foram as medidas tomadas para regularizar as diversas situações encontradas no transporte de nossos estudantes que precisam de um transporte seguro, bem como, necessitam de motoristas habilitados e treinados para transportar os alunos” – destaca o parlamentar.

Irregularidades

As irregularidades variam desde as más condições de conservação dos veículos, à incapacidade profissional dos condutores. “É um absurdo colocar em risco a vida de crianças e jovens em ônibus e vans sem manutenção adequada e deixar que esses veículos sejam conduzidos por motoristas que não foram treinados para esse transporte. Onde está a responsabilidade com nossos estudantes? Queremos uma solução definitiva e urgente para esse problema” - conclui o Professor Júnior Geo.

1 comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias