Blog do HP

E-mail

peixototv3@gmail.com

WhatsApp

63 9985154180

Blog do HP Topo
Eleições 2020

Prof. Júnior Geo defende a implantação de “castramóvel” em Palmas

De acordo com a proposta, o serviço será realizado por meio de unidade móvel destinada à castração de forma cirúrgica e/ou química e à educação em saúde

14/10/2020 11h04
Por: Helder Peixoto
Fonte: Ascom/Geo
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

O projeto de criação de um serviço público permanente para esterilização de cães e gatos, também chamado de Castramóvel, é uma das propostas do candidato a prefeito de Palmas pela coligação “Palmas no caminho certo”, Professor Júnior Geo (PROS), que se preocupa com bem-estar dos animais da capital. 


De acordo com a proposta, o serviço será realizado por meio de unidade móvel destinada à castração de forma cirúrgica e/ou química e à educação em saúde, com palestras sobre guarda responsável. A ideia é gerar novas políticas públicas para garantir a proteção dos bichos, em especial, os que vivem em condição de abandono.


Geo explica que a esterilização de animais é questão de saúde pública. “Temos o objetivo de chamar atenção para os cuidados com os animais. Existem inúmeros benefícios na castração, entre eles a prevenção de doenças, além do controle da população dos bichinhos que vivem em condição de vulnerabilidade. O nosso objetivo é que o serviço seja de fácil acesso para todos”, destaca. 


Proteção animal


O Brasil não tem leis efetivas para defender os animais, principalmente de maus-tratos, o que já existe em outros países. São mais de 30 milhões de animais abandonados que representam riscos à saúde pública com a proliferação de zoonoses.


Nos últimos tempos, os palmenses vêm observando um aumento no número de casos de calazar (leishmaniose). A doença é causada por um protozoário que ataca o sistema imunológico de cachorros e humanos e, se não tratada, pode ser fatal em até 95% dos casos, depois de atingir baço, fígado e outros órgãos.


Enquanto o exemplo não é seguido pelo poder público, voluntários tentam minimizar o abandono, mesmo que seja de maneira improvisada. Pela cidade existem grupos de protetores que, dentro de suas limitações, conseguem alimentar e dar assistência médica a animais na rua. Com a implantação do projeto, a expectativa é reduzir consideravelmente o abandono.

 
 
 
 
Área de
Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias