Blog do HP
Geral Paraná

UEM trabalha para garantir segurança no retorno das aulas presenciais

A Universidade Estadual de Maringá (UEM) retomará as aulas presenciais a partir de segunda-feira (17). As atividades de graduação foram iniciadas n...

15/01/2022 10h10
Por: Helder Peixoto Fonte: Secom Paraná
Foto: UEM
Foto: UEM

A Universidade Estadual de Maringá (UEM) retomará as aulas presenciais a partir de segunda-feira (17). As atividades de graduação foram iniciadas no dia 10 pela modalidade de Ensino Remoto Emergencial (ERE) para que os sete câmpus da instituição pudessem ser organizados para receber professores e alunos na próxima semana. Mas bem antes a Prefeitura do Câmpus (PCU) já trabalhava para garantir a segurança da comunidade acadêmica.

Além dos 68 zeladores que já compõem o quadro de servidores públicos efetivos, a PCU fez a contratação de mais 50 temporários por meio de empresas terceirizadas. A contratação também inclui materiais para limpeza de salas de aula, laboratórios e demais setores da instituição. A higienização ocorre três vezes ao dia para evitar a disseminação do vírus e garantir a segurança de discentes e servidores.

A prefeita em exercício do câmpus, Tânia Nunes Galvão Verri, diz que essas contratações recentemente realizadas pela PCU são suficientes no momento para manter a higienização de todos os espaços do câmpus-sede, que conta com 1,2 milhão de metros quadrados de área física, que abrigam blocos didáticos (salas de aula e laboratórios), blocos administrativos, bibliotecas, Universidade Aberta à Terceira Idade (Unati), Laboratório de Ensino e Pesquisa e Análises Clínicas (Lepac), Farmácia Ensino, Complexo de Centrais de Apoio à Pesquisa (Comcap), Escola de Música, anfiteatros e auditórios, museus, Editora (Eduem), institutos de idiomas, estação climatológica, Complexo Esportivo, entre outros.

Tânia reforça que o Sesmt (Serviços Especializados em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho) da UEM também está disponível para oferecer esclarecimentos sobre possíveis dúvidas acerca dos procedimentos de biossegurança. Além disso, também está disponibilizando Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) aos servidores técnicos, que devem ser requisitados pelos chefes de setores.

“Nosso setor tem mantido a divulgação do Diálogo de Segurança, um meio de comunicação encaminhado via e-mail para esclarecer e informar servidores técnicos e docentes sobre assuntos referentes à Covid-19, além do Manual de Segurança e Saúde no Trabalho que se encontra na 9ª edição”, explica Edvaldo dos Santos Aragão, coordenador do Sesmt.

A Universidade, por meio do Comitê Covid-19, também desenvolveu os protocolos de biossegurança, elaborados e divulgados pela Coordenadoria de Relações Públicas da universidade.

Outra ação desenvolvida pela UEM, por meio do Núcleo de Processamento de Dados (NPD), é a inserção da área de comprovação vacinal anticovid-19 de alunos, via Secretaria Acadêmica Visual (Sisav), e de servidores, docentes e técnicos, via portal do servidor .

Tânia Verri lembra que também é necessário manter a manutenção dos blocos e das áreas verdes e intensificar a segurança do câmpus, que já é  feita por agentes de segurança interna e por uma empresa de monitoramento.

Para a manutenção dos jardins, a UEM conta com serviços prestados por uma empresa auxiliar operacional e a partir de fevereiro será contratada outra para intensificação das roçadas periódicas. A PCU também reforçou o trabalho de podas de árvores para evitar a queda de galhos nas redes de energia elétrica.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias