Blog do HP
Segunda, 17 de Janeiro de 2022 17:16
63 985154180
Cultura Tocantins

Da literatura para o cinema, projeto Poesias do Eu tem estreia nesta segunda, 29, com apoio da Adetuc

Como cenário o distrito de Taquaruçu, o projeto traz textos literários inéditos do poeta Gilson Cavalcante

29/11/2021 11h45
Por: Helder Peixoto Fonte: Secom Tocantins
Espetáculo será exibido nesta segunda-feira, 29, com sessão gratuita às 19 horas, no Cine Cultura, em Palmas - Foto: Divulgação
Espetáculo será exibido nesta segunda-feira, 29, com sessão gratuita às 19 horas, no Cine Cultura, em Palmas - Foto: Divulgação

O projeto audiovisual Poesias do Eu, com apoio da Agência de Desenvolvimento do Turismo, Cultura e Economia Criativa (Adetuc), estreia nesta segunda-feira, 29, com sessão gratuita às 19 horas, no Cine Cultura. A entrada é franca, com ingressos limitados, e participação especial dos atores e equipe técnica. O evento traz textos literários inéditos do poeta Gilson Cavalcante, que tem como cenário principal o distrito de Taquaruçu e conta a história seis personagens que dividem a voz que interpreta as poesias, divididas em três atos

No primeiro ato, chamado de “A Natureza do/e o Eu”, as poesias desenvolvem-se inspiradas na natureza humana, dos animais, das plantas e das relações entre eles. O segundo vídeo se chama “Eu na/ e a Solidão”, com poesias que tratam de assuntos relacionados à solidão, que atingiram grande parte das pessoas que têm no seu dia a dia o encontro com colegas, amigos ou familiares. E o terceiro vídeo encara o assunto que nos ronda durante esta pandemia, a morte. Encarar ela, pensar, imaginar, sofrer dela e por ela. Este se chamará “A morte do/e Eu”.

Os poemas serão interpretados por seis atores provenientes do curso de teatro da Universidade Federal do Tocantins (UFT). De acordo com o diretor Gustavo Henrique, as gravações ocorrem com o cumprimento de todas as normas de segurança sanitária. "Fizemos diversos ensaios coletivos on-line, o que foi um desafio, já as gravações foram organizadas para que os atores trabalhassem sem contracenar, diminuindo assim a quantidade de pessoas no set de filmagem", declara.

Ainda de acordo com o diretor, o roteiro do projeto audiovisual é inspirado em reflexões sobre a pandemia. "Durante a pandemia, as pessoas mantiveram o distanciamento social, muitas pessoas tiveram que se afastar de familiares, de pessoas queridas e importantes. Com mais tempo dentro de casa, tivemos que lidar com o limite do espaço das residências, a solidão, as ruas vazias, os preços subindo, a insegurança de nossa saúde e o medo da morte. Esses são sentimentos que todos nós experienciamos e que são a inspiração do projeto", ressalta.

O produtor do projeto, Gabriel Deeaz, complementaque esses são sentimentos universais. "Que todos sentimos e, a partir dos livros inéditos do poeta Gilson Cavalcante, criamos um projeto que demonstra um pouco desses momentos passados por todos nós neste período conturbado da humanidade”, conclui o produtor.

“O Governo do Tocantins apoia, por meio da Lei Aldir Blanc, iniciativas que contribuem para divulgar a produção poética dos nossos escritores, além de incentivar a formação de plateia, como também fomentar a cultura nesse período crítico de pandemia que afetou diretamente a classe artística e cultural do nosso Estado”, pontua o presidente da Adetuc, Hercy Filho.

Projeto

O projeto Poesias do Eu foi contemplado pelo Prêmio Aldir Blanc, promovido pelo Governo do Tocantins, por meio da Adetuc, Governo Federal, Fundo Nacional de Cultura, Prefeitura Municipal de Palmas, por meio da Fundação Cultural de Palmas.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias