Blog do HP
Geral Piauí

Defensoria e Uespi realizam roda de conversa sobre a atuação do Núcleo da Saúde

Participaram alunos da Residência Integrada Multiprofissional em Terapia Intensiva da Uespi

14/10/2021 14h55
Por: Helder Peixoto Fonte: Secom Piauí
Foto: Reprodução/Secom Piauí
Foto: Reprodução/Secom Piauí

Foi realizada nesta quinta-feira (14), no auditório da Casa de Núcleos da Defensoria, uma roda de conversa entre os assessores do Núcleo Especializado da Saúde  e alunos da Residência Integrada Multiprofissional em Terapia Intensiva do Adulto da Universidade Estadual do Piauí (Uespi). O tema abordado foi a atuação do Núcleo da Saúde, que tem como titular o defensor público José Tadeu de Macedo Silveira. Participaram do momento os assessores Edson Rodrigues Vieira e Amanda Mendes de Andrade.

A roda de conversa Residência Multiprofissional em Terapia Intensiva da UESPI foi solicitada pela professora Valquíria Pereira da Cunha. “Essa roda de conversa está dentro da disciplina, com objetivo dos residentes conhecerem as atividades do Núcleo Saúde aqui da Defensoria. Entendemos que esse conhecimento vai favorecer na formação profissional deles, para que tenham uma postura  mais coerente, dentro daquilo que é assegurado constitucionalmente na saúde e também tentarem compreender que o usuário do SUS tem representantes e que a Defensoria faz um trabalho muito bom, muito significativo, que  acompanha para validação dos direitos, então entendemos essa atividade como muito valiosa no processo de formação deles”, disse a professora.

Os assessores do Núcleo da Saúde também destacaram o momento de troca de experiências. “A maior importância desse encontro é ocasionar uma integração. Tanto dos profissionais do Núcleo da Saúde, quanto dos futuros profissionais de saúde aqui do Piauí, para que a gente possa cada vez mais resolver os problemas dos nossos assistidos com celeridade, evitando a judicialização, resolvendo pelas vias administrativas. Então, esses contatos, essa rede que a gente está tentando formar com esses profissionais, têm especialmente esse intuito, de dar mais celeridade na resolução dos problemas dos nossos assistidos”, afirmou Edson Vieira.

“A avaliação é positiva. Esse encontro permitirá o acesso e o melhor entendimento em prol do assistido com relação à produção de documentos, de solicitações de pedidos de saúde e de serviços de saúde. Esse encontro vem para  estreitar mais ainda o vínculo do serviço de rede entre o Núcleo de Saúde da Defensoria Pública e os hospitais, principalmente em atendimentos de Unidade de Terapia Intensiva, quanto aos pedidos de transferência, home-care. A gente precisa de um suporte de documentação mais detalhado, mais circunstanciado. Então vem realmente  trazer de modo positivo para usuário e para Defensoria, assim como para os residentes aí da Uespi”, complementou Amanda Andrade.

Nazareno Ferreira Lopes Coutinho Júnior, residente de Terapia Intensiva da Uespi, falou sobre os ganhos com a experiência. “Nós enquanto residentes estamos diretamente junto aos pacientes no serviço de saúde. Dentro do contexto da terapia intensiva, que é um contexto muito complexo dentro do Sistema Único de Saúde. Visando isso e por ser uma residência multiprofissional, a gente precisa adquirir conhecimentos e entender como é que acontece a assistência às pessoas fora do ambiente hospitalar, ou seja, para onde podemos direcionar essas pessoas, a  depender da sua demanda. Então  nós, enquanto profissionais, devemos estar cientes da legislação, das normas de como tudo acontece,  para que esse paciente tenha continuidade do atendimento não só dentro do hospital mas também após sua alta. Não só para o paciente, mas também para sua família. Com isso, a gente pode disseminar esse conhecimento na sociedade, compartilhar também dentro do serviço de saúde que nós estamos com o objetivo de ampliar cada vez mais esse conhecimento, tão necessário, para os usuários do Sistema Único de Saúde”.

 

 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias