Blog do HP
Geral Rio Grande do Sul

Leite participa de inauguração simbólica de nova linha de transmissão de energia da Yara Brasil, em Rio Grande

O governador Eduardo Leite visitou nesta quinta-feira (21/7) as obras e as instalações da Yara Brasil, uma das maiores fábricas de fertilizantes no mundo, em Rio Grande.

22/07/2021 19h45
Por: Helder Peixoto Fonte: Secom Rio Grande do Sul
Em Rio Grande, Leite e comitiva visitam instalações da Yara Brasil, uma das maiores fábricas de fertilizantes no mundo - Foto: Gustavo Mansur/Palácio Piratini
Em Rio Grande, Leite e comitiva visitam instalações da Yara Brasil, uma das maiores fábricas de fertilizantes no mundo - Foto: Gustavo Mansur/Palácio Piratini

O governador Eduardo Leite visitou nesta quinta-feira (21/7) as obras e as instalações da Yara Brasil, uma das maiores fábricas de fertilizantes no mundo, em Rio Grande. Leite participou da inauguração simbólica de uma linha de transmissão de energia, que garantirá mais 50 megawatts de capacidade energética para o município.

A linha foi construída em parceria com a Companhia Estadual de Energia Elétrica (CEEE) para viabilizar a obra de expansão da fábrica em Rio Grande, avaliada em R$ 2 bilhões. O investimento foi de R$ 23 milhões, e a obra durou três anos. A estrutura tem 50 megawatts de capacidade e extensão de 24 quilômetros, iniciando em uma subestação da CEEE e passando por parte das áreas urbana e rural de Rio Grande e do Distrito Industrial. A Yara utilizará 18 megawatts, enquanto os outros 32 beneficiarão toda a cadeia produtiva e a população local.

“Um investimento de R$ 2 bilhões, neste novo complexo da Yara, significa confiança no futuro do Estado. A atividade econômica que aqui se desenvolve impacta na vida de muitas famílias. Esse investimento poderia ter sido feito pela própria CEEE, mas que bom que se viabilizou pela Yara, e que bom que o Estado está dando solução definitiva para isso, com a privatização da nossa companhia de energia. Renovamos o compromisso de esforço para permitir que o Rio Grande do Sul seja cada vez mais acolhedor a investimentos como esse e agradecemos, mais uma vez, a confiança da empresa no nosso Estado”, destacou o governador.

Leite também foi apresentado à nova planta da empresa, que a posicionará como a maior e mais moderna da América Latina em termos de produção e expedição de fertilizantes.

Como parte do protocolo da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), linhas de transmissão construídas por empresas privadas são doadas, ao término da implantação, à concessionária local de energia – no caso de Rio Grande, a CEEE será a responsável pela operação. Toda a construção foi realizada seguindo os protocolos sanitários e ambientais, além das licenças obrigatórias.

“O principal benefício desta obra é a possibilidade futura de ampliação, o que permitirá que mais empresas invistam no porto e no Distrito Industrial de Rio Grande, sobretudo grandes corporações, que demandam uma quantidade expressiva de energia para as atividades. Desta forma, a construção da linha de transmissão ajudará no desenvolvimento da cidade e de toda a região”, completou o diretor de Operações da Yara para a região Sul, Lucas Elizalde.

Com aporte de R$ 2 bilhões, as obras no complexo de Rio Grande deverão ser concluídas ainda neste ano, transformando a unidade da Yara no maior e mais moderno parque de produção e de mistura de fertilizantes na América Latina. A capacidade será ampliada, e o volume de granulação de fertilizantes passa de 750 mil para 1,2 milhão de toneladas anuais.

A fábrica da Yara ainda aumentará a capacidade de mistura e ensaque de fertilizante de 1,5 milhão para 2,2 milhões de toneladas por ano. O objetivo é atender ao mercado nos próximos 25 anos, contemplando Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná e parte do Paraguai. São duas fábricas para produção de fosfatados e NPK, uma planta de acidulação, uma planta de granulação e uma unidade industrial misturadora de fertilizantes. Píer próprio e ligação com o modal ferroviário para carga e descarga de matérias-primas e o transporte de produtos são outros diferenciais da unidade.

Agenda

Antes dos compromissos na empresa, Leite esteve no Tecon Rio Grande, o principal terminal de contêineres do Estado, que opera as linhas marítimas que ligam o Brasil ao mundo, e conheceu o projeto Rio Grande – Porto Indústria. Ainda nesta quinta-feira (22/7), terá uma reunião com o prefeito Fábio Branco, no Paço Municipal.

Texto: Suzy Scarton
Edição: Vitor Necchi/Secom

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias