Blog do HP
Especiais Conexão

Humanidade e conexão, uma face da natureza humana

A humanidade é uma verdadeira irmandade e sua capacidade de criar coisas reflete essa natureza comunitária

10/07/2021 10h58
Por: Northom Alvarenga
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

A sensação de estar adentrando no grupo, humanos se reunindo como uma irmandade, a forma como nós fazemos laços com os amigos, amigos de amigos e muito além, um verdadeiro poder humano de conseguir exercer a comunhão, seja na igreja ou no trabalho, na escola ou em casa as pessoas criam grupos e os fazem rastros enquanto caminham nessa terra.

 

A humanidade é uma verdadeira irmandade e sua capacidade de criar coisas reflete essa natureza comunitária, seja na criação das mais enormes embarcações para o transporte de produtos que muitos povos irão dar uso ou na criação de pequenas casas para famílias morarem. Quando uma pessoa pensa no que irá fazer ela facilmente irá pensar com quem irá fazer isso, ou se irá conseguir companhia para fazer aquilo e muitas vezes até desanima do que planeja caso não consiga companhia para executar seus planos.

 

O psicológico do humano funciona igual a um instrumento em meio a uma apresentação e quando muitos instrumentos se reúnem conseguem entrar na mais pura harmonia e assim a mente humana atua na prática, muitas pessoas ecoam na frequência do luto de um amado amigo que se vai com o gosto da perda e da dor e da mesma forma quando uma família se reúne presenciando o nascimento de um novo membro com a felicidade coletiva que se manifesta dos diferentes jeitos de cada um mostrando como o grupo está.

 

Assim a conexão dos homens é retratada, ela faz com que verdadeiros grupos grandes com incontáveis pessoas possam como um. O ser humano além de grandioso atuando como uma unidade consegue ser grandioso num coletivo. O poder dos homens se reflete em como moldam o mundo ao seu redor e como usam o conhecimento para que o que está sendo modelado seja mais eficiente e útil e até mesmo o mais simples dos construtores que modela meros tijolos consegue erguer muros seguros e resistentes, verdadeiras muralhas.

 

A própria ausência da conexão reflete em consequências para o ser humano. Em muitas pessoas a depressão vem como o resultado da exclusão ou até do abandono, quando a pessoa além de não estar conseguindo se conectar com seu próximo acaba não conseguindo se conectar consigo mesma, ela vive como se estivesse numa verdadeira inércia, parada e sem conseguir se mover, sem ser movida e parada num ciclo vazio e doloroso.

 

Não é uma regra geral e nem assim que se manifestam todas as formas de depressão, porém é possível ver esse padrão ocorrendo nos casos do dia a dia, de pessoas que tiveram suas vidas abaladas pela forma como se relacionam e até por não conseguirem boas relações e quando se analisa tudo isso é de se ver que a raiz profunda da humanidade é encontrada na socialização, na verdadeira e pura arte de sermos uma espécie que busca viver conectada.

 

Lembre-se de quem está conectado? Aprecie bem essa pessoa e todas as outras, também são parte do que você é, são parte de nós, são parte da humanidade.

 

@ Northom Alvarenga de Oliveira cursa Licenciatura em Computação no IFTO e participa do Clube de Robótica de Porto Nacional-TO

3 comentários
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias