Blog do HP
Domingo, 14 de Julho de 2024
63 985154180
Senado Federal Senado Federal

Comissão pede ao Executivo obras do PAC para prevenção de novas enchentes no RS

Senadores aprovaram nesta quarta-feira (10) um pedido ao Poder Executivo para atualização e execução de obras de contenção na região metropolitana ...

10/07/2024 20h57
Por: Helder Peixoto Fonte: Agência Senado
Na mesa (esq. para dir.), os senadores do RS Ireneu Orth, Paulo Paim e Hamilton Mourão - Foto: Pedro França/Agência Senado
Na mesa (esq. para dir.), os senadores do RS Ireneu Orth, Paulo Paim e Hamilton Mourão - Foto: Pedro França/Agência Senado

Senadores aprovaram nesta quarta-feira (10) um pedido ao Poder Executivo para atualização e execução de obras de contenção na região metropolitana de Porto Alegre e bacias dos rios Gravataí, Sinos e Caí. A indicação também propõe melhorias no sistema de proteção da capital gaúcha e para prevenção de enchentes em todo o Rio Grande do Sul (RS).

A Minuta de Indicação 1 foi apresentada e votada pelos integrantes da Comissão Temporária Externa para acompanhar o enfrentamento da calamidade no Rio Grande do Sul (CTERS). As obras solicitadas fazem parte do Plano de Aceleração do Crescimento (PAC).

— As enchentes de 2024 foram a maior catástrofe climática na história do Rio Grande do Sul. Segundo dados da Defesa Civil estadual atualizados em 8 de julho, 478 municípios e cerca de 2,5 milhões de pessoas foram afetados, 182 pessoas perderam a vida, 806 foram feridos e 31 continuam desaparecidos — relatou o senador Paulo Paim (PT-RS), que presidiu a reunião.

O senador gaúcho alegou que a dimensão da tragédia que provocou uma destruição generalizada demanda medidas urgentes para prevenção e mitigação de futuros desastres. Paim explicou que estão previstos no PAC cinco projetos para essa finalidade:

  1. bacia do rio Gravataí/Arroio Feijó, abrangendo a zona norte de Porto Alegre e o município de Alvorada;
  2. município de Eldorado do Sul;
  3. bacia do rio dos Sinos, cobrindo os municípios de Igrejinha, Três Coroas e Rolante, no alto rio dos Sinos, e Canoas, Esteio, Sapucaia do Sul, São Leopoldo, Novo Hamburgo e Campo Bom, no baixo rio dos Sinos;
  4. bacia do rio Gravataí, incluindo o bairro Sarandi em Porto Alegre e os municípios de Gravataí e Cachoeirinha; e
  5. baixo rio Caí, que cobre os municípios de Montenegro, São Sebastião do Caí, Harmonia e Pareci Novo, bem como a rodovia RS-124.

De acordo com a indicação, esses projetos são fundamentais para fornecer soluções de longo prazo aos problemas recorrentes de enchentes no RS, protegendo a infraestrutura e preservando vidas. A CTERS enfatizou a urgência na adoção dessas medidas por parte da Casa Civil da Presidência da República e da Secretaria para Apoio à Reconstrução do Rio Grande do Sul.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias