Blog do HP
Domingo, 14 de Julho de 2024
63 985154180
Turismo Turismo

Governo promove capacitações para melhoria dos serviços e fomento ao turismo

Eventos acontecem dentro das Jornadas Regiões Turísticas. A região do Norte Pioneiro recebeu a 3ª edição do projeto nesta quinta-feira (4). Desde ...

05/07/2024 11h53
Por: Helder Peixoto Fonte: Secom Paraná
Foto: SETU
Foto: SETU

O Governo do Paraná, por meio da Secretaria do Turismo, realiza uma série de encontros com empresários, gestores públicos e profissionais da área em todo o Estado. O objetivo é promover, de maneira gratuita, a capacitação a quem atua no setor. Nesta quinta-feira (04), o encontro com cerca de 300 pessoas ligadas ao trade aconteceu em Jacarezinho, no Norte Pioneiro, com a 3º edição das Jornadas Regiões Turísticas do Paraná.

Desde o mês de abril, 620 empresários e profissionais de cerca de 42 municípios das Regiões Turísticas Atunorpi (Norte Pioneiro), Vales do Iguaçu (Sudoeste) e Litoral já participaram das ações.

As capacitações são direcionadas a diversas áreas, como roteirização, infraestrutura turística e marketing, entre outros. Os participantes também têm acesso às linhas de créditos fornecidas pelo Governo do Estado para a melhoria da oferta turística.

“O turismo é um serviço bem prestado, com infraestrutura e um bom plano de divulgação. Quando isso acontece com profissionais capacitados, ocorre o levantamento de PIB, pois o Estado passa a recepcionar cada vez mais pessoas de outros países e estados”, disse o secretário do Turismo do Paraná, Márcio Nunes.

Ele complementou que o turismo é maior programa social que existe. “Em 2023, segundo o IBGE, a cadeia produtiva do turismo gerou cerca de 8 mil empregos com carteira assinada no Paraná. O levantamento do Caged deste ano mostra que o Estado tem um aumento de cerca de 30% com relação ao ano passado na geração de empregos”, completou.

Antecedendo o evento das Jornadas Regiões Turísticas, uma comitiva da Secretaria percorre a região que vai sediar o evento para conhecer melhor os atrativos e se aproximar dos empresários. Mara Mello, presidente da Associação Turística do Norte Pioneiro (Atunorpi), reforçou que esse diálogo é importante para valorizar os profissionais locais. “Este é um evento importante para os empreendedores e profissionais que moram aqui. Além de aprender como gerir melhor seu negócio, nossos serviços do turismo se tornam conhecidos em todo o Estado”, disse.

O Norte Pioneiro é a região do Paraná que abriga o Destino Turístico Angra Doce, fruto de uma parceria com Estado de São Paulo, que compreende municípios das duas margens do reservatório da Usina Hidrelétrica de Chavantes. São 400 km² de extensão e mais de 9 bilhões de m³ de água dos rios Paranapanema e Itararé.

A região é propícia para a prática de esportes, como rafting, canoagem, trekking, asa delta, voo livre, paraglider, parapente, equitação, passeios náuticos e pesca esportiva. Conta com cachoeiras, trilhas, praias artificiais e lugares históricos, como a ponte pênsil Alves de Lima, que foi destruída durante a Revolução Constitucionalista de 1932 e reconstruída quatro anos mais tarde.

Além do Angra Doce, a região turística Atunorpi abriga uma parte da Rota do Rosário, caminho turístico que percorre 17 municípios e conta com 21 atrativos ligados à fé católica. A região também é rica em turismo rural e hotéis de luxo.

CAPACITAÇÃO– As oficinas de capacitação ofertadas aos empresários do Norte Pioneiro foram sobre o Turismo na Escola, projeto da Secretaria estadual do Turismo que trabalha o conceito da área com os estudantes de escolas municipais; o marketing voltado ao mercado do setor; a infraestrutura turística, que ajuda nas maneiras de melhorar os serviços; e a roteirização, que ensina a elaborar estratégias para construir um produto turístico.

Todos os participantes também tiveram acesso às ações de planejamento do Governo do Estado para o setor e aprenderam um pouco sobre ferramentas para elaboração de projetos. Empresária e agricultora, Vanessa Rosa de Souza mora na cidade de Tomazina e faz parte da Amucafé (Associação das Mulheres do Café do Norte Pioneiro).

Ela expôs seu produto – o café de torra média – durante o evento das Jornadas Regiões Turísticas e mostrou o potencial turístico da Rota do Café do Pinhalão. A associação integra cerca de 250 mulheres de 11 municípios da região, que também fazem parte desse roteiro. “Esse é o primeiro evento voltado ao turismo que participamos e acho muito bacana porque temos falta de recursos. Hoje estamos vendo que o Governo do Estado está apoiando projetos como o nosso”, destacou.

O Viaje Paraná, como órgão de promoção do turismo do Estado, tem a missão de mostrar o potencial turístico de todas as regiões. “É muito importante fazer essa aproximação do público com a iniciativa privada para que o turismo se fortaleça. Para isso, é fundamental conversar com o trade. A nossa função é dar o olhar técnico e colocar os produtos paranaenses na prateleira de vendas”, disse.

Servidora pública do município de Santa Mariana, Silvia Aguiar, escolheu fazer a oficina de roteirização para ter conhecimento sobre como melhorar a economia da cidade através do turismo. “Eu tinha ideia de como trabalhar dentro da prefeitura, mas no turismo eu não tinha essa ideia. Esse evento me abriu muito a mente, como, por exemplo, implantar um letreiro, ou seja, explorar o que temos dentro do município ou o que podemos fazer para atrair pessoas e fomentar o comércio”, destacou.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias