Blog do HP
Quinta, 13 de Junho de 2024
63 985154180
Geral Maranhão

FAPEMA e Gasmar promovem workshop para credenciamento de laboratórios em petróleo e gás

Worshop é para pesquisadores de todas as áreas do conhecimento, que querem desenvolver projetos em parceria com empresas do setor de petróleo e gás...

06/06/2024 12h13
Por: Helder Peixoto Fonte: Secom Maranhão
Foto: Reprodução/Secom Maranhão
Foto: Reprodução/Secom Maranhão

A Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão (FAPEMA) em parceria com a Companhia Maranhense de Gás (Gasmar), promove o Workshop - Credenciamento de laboratórios para captação de recursos perante a Agência Nacional de Ppetróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP)’. O evento será na segunda-feira (10), no Auditório do Palácio Henrique de La Rocque, Calhau, a partir das 13h30.

O worshop é destinado a pesquisadores de todas as áreas do conhecimento, que tenham interesse em desenvolver projetos em parceria com empresas do setor de petróleo e gás no âmbito da Margem Equatorial brasileira. Os debates do workshop trarão critérios para que os laboratórios interessados na exploração de petróleo e gás sejam habilitados para atuar junto à Petrobras. Técnicos da ANP estarão presentes para informar sobre estes procedimentos.

O presidente da FAPEMA, Nordman Wall, ressalta a importância dos debates e a colaboração estratégica com a Gasmar, pelo desenvolvimento científico e tecnológico do estado, especialmente no setor de petróleo, gás natural e biocombustíveis. “A realização deste workshop é de suma importância, pois proporciona aos laboratórios locais a oportunidade de se credenciarem perante a ANP, o que pode resultar em uma série de benefícios, como o acesso a recursos financeiros e a participação em projetos de pesquisa e desenvolvimento nacionais e internacionais. E, a parceria com a Gasmar fortalece laços e abre portas a futuras colaborações, que possam impulsionar ainda mais a ciência, a tecnologia e a inovação em nosso estado”, avalia. 

"O Maranhão, por orientação do governador Carlos Brandão, tem a possibilidade de explorar toda a sua área, tanto no mar quanto em terra. Em terra, já está explorando, já produz gás. E, no mar, possibilidade explorar as bacias de Barreirinhas e do Pará-Maranhão. O governador nos orientou a prepararmos o estado para este evento. Nós nos integramos à FAPEMA e agora vamos fazer essa orientação do credenciamento", pontuou o diretor-presidente da Gasmar, Allan Kardec Duailibe. 

O credenciamento na ANP é essencial para mobilizar a academia do Maranhão e qualquer área pode se beneficiar dos recursos das obrigações de investimentos das empresas de petróleo e gás, em especial da Petrobras. "A ANP irá esclarecer como se credencia e a Petrobras tem muito recursos para investimentos, principalmente neste momento da Margem Equatorial", reitera Duailibe.

“Esta iniciativa é fundamental na promoção de um ambiente propício à pesquisa e ao desenvolvimento, contribuindo para o avanço econômico e social de todo o Maranhão. A cooperação FAPEMA e Gasmar, nesta iniciativa, será um norteador, beneficiando os laboratórios participantes e toda a comunidade científica e tecnológica do Maranhão”, reitera o diretor Científico da FAPEMA, Cristiano Capovilla. 

O evento também contará com presença de representante da ANP e do presidente da Frente Parlamentar Mista em Defesa da Exploração de Petróleo na Margem Equatorial do Brasil (FMEQ), deputado federal Pedro Lucas Fernandes, entre outras autoridades do segmento.

O workshop vai debater temas relacionados às possibilidades de exploração do gás natural, estratégias para avançar nesse segmento e propostas dos órgãos de referência sobre formas de potencializar essa utilização. Na agenda, serão discutidos modos de credenciamento e qualificação dos projetos ; cláusula de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação PDE ; desafios ao meio ambiente na Margem Equatorial ; e repassadas informações sobre programa de pesquisa e desenvolvimento da Petrobras . Haverá ainda, momento de falas das autoridades e participantes.

Potencialidades

A margem equatorial compreende a região do litoral do Amapá até parte do Rio Grande do Norte, com duas importantes bacias no Maranhão (Pará-Maranhão e Barreirinhas), onde também se estima um volume considerável de recursos. Somente a Bacia Pará-Maranhão possui potencial estimado de 20 a 30 bilhões de barris, cerca da metade do que já foi explorado no pré-sal. Estudos preliminares apontam o grande potencial petrolífero da margem equatorial, como o dado divulgado pela Petrobras, sobre descoberta de petróleo em águas ultraprofundas na Bacia Potiguar.

Dados da Gasmar apontam que, na bacia de Barreirinhas e a bacia do Pará-Maranhão, onde foram identificadas a possibilidade de haver bilhões de barris de petróleo, podem ser gerados empregos e renda para os maranhenses. Os estudos indicam geração de cerca de 70 mil empregos, que trará aumento do PIB do estado em torno de 14%. 

O impacto da exploração na margem equatorial também trará grandes investimentos e incremento no PIB do país. A Confederação Nacional da Indústria (CNI), prevê a geração de 326 mil empregos e incrementar R$ 65 bilhões no PIB dos estados do Norte e Nordeste. No Maranhão, a previsão é que sejam gerados mais de 56 mil empregos e o PIB cresça em 12,2%, com um incremento de R$ 10,9 bilhões.

Em abril deste ano, o presidente da Petrobras, Jean Paul Prates, informou que serão investidos US$ 800 milhões (cerca de R$ 4 bilhões), para pesquisas na Bacia de Barreirinhas.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias