Blog do HP
Quinta, 13 de Junho de 2024
63 985154180
Geral Tocantins

Secretaria da Industria e Comércio alinha novos investimentos em infraestrutura no Terminal Integrador de Palmeirante

Investimentos viabilizarão a implantação de novas indústrias no polo de fertilizantes

26/05/2023 14h35
Por: Helder Peixoto Fonte: Secom Tocantins
Carlos Humberto Lima, recebe representantes da Copi - Foto: Arthur Silva/Governo do Tocantins
Carlos Humberto Lima, recebe representantes da Copi - Foto: Arthur Silva/Governo do Tocantins

O secretário de Estado da Indústria, Comércio e Serviços, Carlos Humberto Lima, se reuniu nesta sexta-feira, 26, com o diretor-presidente da Companhia Portuária do Itaqui (Copi), Guilherme Elarrat Eloy, com o objetivo de abordar planos para o desenvolvimento e investimentos em infraestrutura no Terminal Integrador de Palmeirante (Tipa). O executivo também apresentou projeto de implantação de uma usina fotovoltaica no local.

Operado pela Copi em parceria com a VLI, o terminal de transbordo de Palmeirante é integrado ao Porto de Itaqui pela Ferrovia Norte-Sul, formando um corredor logístico de transporte de fertilizantes no Arco Norte. Até o momento, o corredor já transportou cerca de 100 mil toneladas e há a expectativa de que o volume chegue a 500 mil toneladas até o fim deste ano.

“O ambiente logístico oferecido pelo Tocantins é um diferencial e atrai o interesse de novos investidores. Recebemos o presidente da companhia que opera o porto de Itaqui e também o terminal de Palmeirante, para conhecer os novos projetos de investimento e verificar como o Governo do Tocantins, por meio da Secretaria de Estado da Indústria, Comércio e Serviços (Sics), pode auxiliar nesses projetos através da política de desenvolvimento econômico do Estado, pois o objetivo da nossa pasta é criar condições basilares para atrair novos investimentos, promovendo o desenvolvimento econômico sustentável do Tocantins”, afirmou o secretário Carlos Humberto Lima.

No encontro, o presidente da Copi, Guilherme Eloy, entregou, ao secretário, o projeto de implantação de uma usina de energia solar no terminal de Palmeirante. O projeto, segundo Guilherme Eloy, vai gerar energia para a operação do próprio terminal. “Isso gera economia, mas, principalmente, agrega sustentabilidade às nossas operações com o uso de uma matriz energética mais limpa. Foi uma conversa muito produtiva e saímos muito satisfeitos em poder contribuir para o desenvolvimento e crescimento do Estado”, resumiu.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias